LOL

Desenterrando – Almas Gêmeas (1994)

Peter Jackson e uma história de amizade um tanto doentia

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Trago-lhes mais um filme daqueles que marcaram época – e minha vida – na coluna Desenterrando aqui no Tarja Nerd (você pode conferir outros textos da coluna aqui). Embora já dirigisse filmes desde 1976, Almas Gêmeas foi o filme que lançou Peter Jackson no mainstream. Também foi o primeiro trabalho no cinema da talentosa Melanie Lynskey (A Rose de Two and a Half Man) e da diva Kate Winslet (Titanic). Mesmo sendo baseado em fatos reais Peter Jakcson entrou na cabeça sonhadora e doentia das duas meninas protagonistas do filme, Pauline Parker (Lynskey ) e Juliet Hulme (Kate Winslet), trabalhando determinadas cenas de forma deliciosamente fantasiosa. Já podemos ver traços do que viria a se tornar o diretor das trilogias SENHOR DOS ANÉIS e O HOBBIT.

O filme conta a história de duas adolescentes da década de 50, que estudavam em um rígido colégio da Nova Zelândia e, após se tornarem amigas, ficam totalmente dependentes e obcecadas uma pela outra. Tudo na vida delas é levado ao extremo. Mas essa obsessão por determinados fatos e situações, do mesmo jeito que vem, vai com uma intensidade absurda assim que algo não as agrade. As duas vivem e criam um mundo de sonhos baseado no cinema e na ópera que ouviam e assistiam incessantemente. As cenas onde elas imaginam esse mundo foram muito bem moldadas por Jackson, fazendo-nos entrar nas mentes peculiares das protagonistas na representação de bonecos de argila. Algo maravilhosamente delicado e bem feito.

O clímax do filme se dá quando os pais resolvem que a amizade das duas já está indo longe demais e começa a impor limites. Desta forma elas colocam na cabeça que para ficarem juntas terão que cometer um assassinato. como dito anteriormente, Almas Gêmeas é baseado em fatos reais e se, por ventura, você tiver interesse em pesquisar sobre o assunto, verão que é bem interessante, mas aconselho a fazê-lo depois de assistirem ao filme. 

O longa contém trechos retirados do verdadeiro diário de Pauline Parker e mais tarde descobriu-se que a famosa escritora Anne Perry seria na verdade Juliet Hulme. Pauline também mudou de nome e hoje se chama Hilary Nathan. Jackson conseguiu retratar no filme uma história brutal de forma lírica. Um dos meus filmes preferidos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

What do you think?

24 points
Upvote Downvote

Total votes: 15

Upvotes: 12

Upvotes percentage: 80.000000%

Downvotes: 3

Downvotes percentage: 20.000000%

Written by Elaine Rizzo

Elaine Rizzo

"O cinema é um modo divino de contar a vida."
Federico Fellini

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…